Conexão Interior

Uma viagem ao interior da floresta amazônica e ao seu próprio interior! Uma imersão de autoconhecimento que mescla atividades culturais e de conexão, realizada em Manaus (AM) e em uma comunidade ribeirinha e indígena. Nela, você vivencia o dia-a-dia de uma comunidade tradicional e se conecta com você mesmo, com a natureza, com os viajantes e locais.

O roteiro inclui

Hospedagem em Manaus e na comunidade

Atividades de descoberta em Manaus e na comunidade

Refeição completa na comunidade e algumas refeições em Manaus

Taxa de contribuição comunitária

Manual digital e check-list de viagem

O Destino

Manaus (Amazonas) será a porta de entrada para a vivência numa comunidade ribeirinha de etnia Baré, composta por cerca de 40 famílias.

Localização

Após 2 noites na capital manauara, subiremos o Rio Negro e nos hospedaremos no coração da Amazônia, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Puranga-Conquista.

Hospedagem

A hospedagem é compartilhada, tanto em Manaus como na comunidade, onde famílias anfitriãs nos receberão em suas casas e teremos a oportunidade de dormir em redes, como um verdadeiro local.

Alimentação

Em Manaus já começaremos a experimentar a comida típica e na comunidade vamos nos deliciar com as receitas caseiras regionais preparadas pelas anfitriãs.

Roteiro Conexão Interior - 7 noites

De 18 a 25 de abril de 2020 (feriado nacional de Tiradentes dia 21 - terça; feriado estadual no Rio de Janeiro - Dia de São Jorge 23 - quinta)

R$3.516,00 à vista ou parcelado via PagSeguro (com taxas adicionais)

    Sábado (18/04)

    • Check in no hotel/hostel a partir das 14h;
    • A vivência se inicia com o encontro do grupo às 20h, no local de hospedagem em Manaus;
    • Atividade de conexão e boas vindas;
    • Descanso. Hospedagem em quarto coletivo.

    Domingo 19

    • Café da manhã;
    • Atividade de conexão;
    • Rio Negro Tour - de barco, vamos até o ponto em que as águas do Rio Solimões se encontram com as águas escuras do Rio Negro, sem se misturarem;
    • Perreché Tour - walking tour pelo centro de Manaus com guia exclusivo para o grupo, para conhecermos um pouco da arquitetura, da história e da cultura do local;
    • Almoço em restaurante regional; 
    • Bagaceira Tour - visitaremos alguns "points" da gastronomia e da diversão, encerrando o domingo em uma balada manauara;
    • Descanso. Hospedagem em quarto coletivo.

    Segunda (20/04)

    • Café da manhã;
    • Transporte terrestre da hospedagem até o porto/marina para embarque e início da travessia fluvial, subindo o Rio Negro até a comunidade;
    • Atividade de conexão durante a travessia;
    • Almoço (local e horário de acordo com a hora de saída do barco);
    • Chegada à comunidade ribeirinha indígena de etnia baré que nos receberá para esta vivência;
    • Recepção do grupo pelas famílias anfitriãs;
    • Apresentação ao Cacique;
    • Ritual indígena;
    • Jantar com a liderança local;
    • Atividade de conexão;
    • Descanso. Hospedagem em casa de família, quarto coletivo.

    Terça (21/04)

    • Café da manhã;
    • Atividade de conexão;
    • Visita à comunidade - um morador nos mostrará cada cantinho (a roça, a escola, o posto de saúde, a biblioteca...) e nos apresentará às pessoas que encontrarmos pelo caminho, enquanto elas realizam suas atividades. E assim conheceremos um pouco da comunidade;
    • Almoço;
    • Atividade de conexão;
    • Jantar;
    • Descanso. Hospedagem em casa de família, quarto coletivo.

    Quarta (22/04)

    • Café da manhã;
    • Atividade de conexão;
    • Trilha na floresta – enquanto caminhamos pela mata, um mateiro vai explicando sobre a fauna e a flora da região e contando da relação dos locais com a floresta;
    • "Check out" da trilha com cada membro do grupo;
    • Almoço;
    • Canoagem – em uma canoa à remo faremos um passeio pelo rio, com um canoeiro local, e ouviremos um pouco sobre a Amazônia da seca e da cheia;
    • Atividade de conexão;
    • Jantar;
    • Descanso. Hospedagem em casa de família, quarto coletivo.

    Quinta (23/04)

    • Atividade de conexão;
    • Café da manhã;
    • Prosa na casa de farinha – vamos bater um papo com uma farinheira enquanto ela mostra os equipamentos que usa e explica o processo artesanal de produção da farinha de mandioca, passado de geração em geração. É a hora de aprender, com a especialista, a diferença entre mandioca e macaxeira, e o que se faz com elas;
    • Almoço;
    • Exposição de artesanato – hora de conhecer e de valorizar o rico artesanato produzido na comunidade: adornos, biojoias, armas, utensílios, enfeites...;
    • Monitoria de artesanato – Bora botar a mão na massa! Usando sementes, fibras naturais ou madeira, e com a orientação de um artesão ou uma artesã do local, cada um vai criar sua própria peça;
    • Jantar;
    • Atividade de conexão;
    • Descanso. Hospedagem em casa de família, quarto coletivo.

    Sexta (24/04)

    • Atividade de conexão;
    • Café da manhã;
    • Preparação conjunta do almoço;
    • Almoço;
    • Atividades em grupos;
    • Mesa compartilhada - Jantar comunitário de despedida;
    • Atividade de conexão;
    • Descanso. Hospedagem em casa de família, quarto coletivo.

    Sábado (25/04)

    • Café da manhã;
    • Atividade de conexão;
    • Retorno para Manaus – travessia de barco da comunidade até o porto/marina na capital manauara, com chegada prevista em torno de 14h;
    • A vivência se encerra com o transporte terrestre do porto/marina até o Centro da cidade OU bairro próximo (a definir).

    • Hospedagem compartilhada: 2 noites em Manaus em hotel ou hostel (de 18 a 20/04) e 5 noites na comunidade em casa de família (de 20 a 25/04);
    • Alimentação: em Manaus - café da manhã nos dias 19 e 20/04, almoço no dia 19/04; na comunidade indígena - café da manhã, almoço e jantar durante toda a estada;
    • Atividades de descoberta descritas no roteiro; 
    • Ingresso para balada manauara e consumação de drinques e/ou petiscos (valor predefinido) durante o Bagaceira Tour no dia 19/04; 
    • Taxa de contribuição comunitária;
    • Transporte fluvial de Manaus para a comunidade e da comunidade para Manaus (de barco de linha ou de lancha);
    • Embarcação durante o Rio Negro Tour (passeio ao Encontro das Águas);
    • Transporte da hospedagem em Manaus para os passeios locais (quando necessários) e da hospedagem para o porto;
      • Manual digital de viagem.

      • Refeições no dia 18/04; bebida e sobremesa no almoço do dia 19/04; jantar no dia 19/04 (por já termos um "passeio gastronômico" nesta noite); almoço no dia 25/04;
      • Transporte do aeroporto para a hospedagem e da hospedagem para o aeroporto;
      • Passagens aéreas nacionais ou internacionais para chegar e partir de Manaus e taxas decorrentes;
      • Seguro de viagem;
      • Custo de vacinação;
      • Custo com expedição de passaporte e obtenção de vistos consulares, caso necessário;
      • Intérprete de idioma para participantes que não falam português, caso necessário;
      • Despesas decorrentes de diárias, refeições, transportes e atividades, quando excedentes às incluídas no roteiro;
      • Compra de peças artesanais e qualquer outra de cunho pessoal;
      • Bem como tudo o que não estiver mencionado no item “O roteiro inclui”.

      • A reserva precisa ser efetuada até 23/03/2020;
      • Atenção na hora de comprar os seus voos! Lembre-se de que você deve estar em Manaus na noite de 18/04/2020 e que retornaremos da comunidade no sábado seguinte (25/04), com previsão de chegada em Manaus no início da tarde, portanto, seu voo de volta só deverá decolar a partir do final do dia 25/04/2020 (preferencialmente, do dia 26 em diante);
      • Em caso de tempestade ou condições climáticas desfavoráveis, os roteiros podem sofrer alterações ou as atividades podem ser canceladas para a sua própria segurança.
      • Tenha em mente que tudo é muito simples e que a comunidade ribeirinha não possui a estrutura das cidades, o que torna essa vivência tão genuína e transformadora.

      Atividades

      Atividades Locais em Manaus

      Uma experiência cultural, histórica e gastronômica por um dos maiores centros históricos do Brasil e também por lugares incomuns, que só quem adora andar pelas ruas de Manaus conhece.

      Atividades de Conexão Interior

      Embarque em uma viagem para o seu interior através das atividades de autoconhecimento e de conexão consigo e com o outro, como meditação, check in e check out, rodas de conversa e/ou de dança e escuta profunda, que serão desenvolvidas com o grupo durante a vivência.

      Atividades Culturais e na Natureza

      Vivencie o dia-a-dia amazônico, conheça mais sobre os costumes locais e se conecte à natureza através de atividades como canoagem, trilha na floresta, oficina de artesanato e prosa na casa de farinha.

      Se animou?

      Solicite sua reserva preenchendo o formulário.

      Compartilhamos novidades, novos roteiros, promoções, dicas de viagens e outros assuntos relacionados.

      Perguntas Frequentes

      É possível que não. Celulares convencionais e rede 3G/4G não funcionam em grande parte da floresta. Mas você vai ver como é maravilhoso ficar por alguns dias conectado à natureza e às pessoas ao seu redor! 

      Seu vôo de ida deve aterrisar em Manaus até a noite de 18/04/2020. Já o vôo de partida de Manaus só deverá decolar a partir do final do dia 25/04/2020 (preferencialmente, do dia 26 em diante).

      Quando a sua experiência for confirmada, enviaremos para o seu e-mail um manual de viagem, onde você terá uma lista do que levar e outras informações. importantes. Leia o manual com bastante atenção! 

      O Ministério da Saúde recomenda, para quem visita a região, a vacinação contra febre amarela, que deve ser tomada pelo menos dez dias antes da entrada no Amazonas. Para saber da necessidade de tomar outras vacinas e se está em boas condições de saúde para participar dessa experiência, consulte seu médico. 

        O roteiro inclui 2 noites de hospedagem compartilhada em Manaus em hotel ou hostel (de 18 a 20/04) e algumas atividades de descoberta no dia 19/04/2020, conforme descrito no roteiro. Se a sua agenda permitir, adicione alguns dias e outras atividades pela capital e pela região 🙂

        Somente acompanhado de um dos pais ou responsável legal. 

        Como a interação com animais em atividades turísticas muitas vezes é feita sem o devido controle, apresentando riscos para os viajantes e para a vida silvestre, a Braziliando não inclui atividades com interação animal nos roteiros e nem recomendamos que os viajantes a realizem. Nossos viajantes se hospedam no coração da floresta e podem ter a oportunidade de observar os animais livres na natureza, em seu habitat natural. Viajantes anteriores já viram botos durante a canoagem, jacarés durante a travessia de barco, araras e papagaios retornando a suas casas no fim do dia e animais de diferentes espécies durante a trilha na floresta. Caso queira saber um pouco mais sobre essa questão, recomendamos a leitura dessa reportagem do National Geographic. 

        É evidente que há riscos, como a possível presença de animais perigosos, correntezas e eventos climáticos. Mas você será conduzido pelos locais, que conhecem a fundo a região e tomarão as precauções necessárias para que você curta a sua experiência com segurança. 

        Recomendamos a contratação de um seguro de saúde/viagem para todo o período do roteiro, que inclua cobertura de atividades de aventura. O seguro deve ser adquirido junto a empresas especializadas no ramo e a sua apólice deve ser encaminhada por e-mail para a Braziliando antes da data de início do roteiro.

        Em respeito aos costumes locais e para evitar que sua experiência gere impactos negativos à comunidade ribeirinha e indígena, você deve se abster de todo tipo de intoxicante durante o período da vivência na comunidade Baré. No nosso manual de conduta você vai encontrar as orientações para que tenha uma experiência harmônica com a natureza e com os comunitários. 

        A hospedagem se dará na casa de uma família local, em uma comunidade ribeirinha na floresta amazônica. Tenha em mente que a comunidade se localiza em uma área rural, que não possui a mesma infraestrutura das cidades. Os quartos são bem simples e podem contar com cama ou apenas com redes. O chuveiro não possui água aquecida (mas a temperatura amazônica costuma ser elevada). Embora contem com gerador, que é ligado em alguns períodos do dia e da noite, a comunidade pode ficar sem energia se ele estiver com problema. Celulares convencionais e rede 3G/4G não funcionam em grande parte da floresta e o wi-fi é restrito. Conecte-se apenas consigo mesmo, com as pessoas ao seu redor e com a natureza!